Filtros de busca:

Grandes bancos não acompanham crescimento tecnológico

Maiores instituições financeiras do país perdem metade de participação nos pagamentos, de acordo com dados da plataforma Transfeera; empresas digitais como Inter, Nubank e Nexus crescem.

Texto escrito por: Samy Dana

Por que clientes pagam juros altos nos bancos?

Um dos maiores problemas do sistema financeiro brasileiro sempre foi a alta concentração. Isto é, a maior parte do mercado fica com apenas cinco bancos: Itaú, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Santander. Com menos concorrência, os juros são mais altos e sobra menos possibilidade de negociação para os clientes, que acabam sendo os maiores prejudicados. Mas dados da plataforma de pagamentos e de validação de dados bancários Transfeera apontam que nos últimos quatro anos a concentração nas operações recuou mais de 50% no país.

Em 2017, 100% dos pagamentos eram direcionados a um dos cinco grandes bancos. Já em agosto, o total de operações envolvendo os cinco maiores bancos correspondeu a 45% do total. Isso considerando 6 milhões de transações realizadas por pessoas físicas e jurídicas. O resultado aponta uma gradativa e, ao que tudo indica, permanente mudança. Mesmo quando se considera apenas as pessoas físicas, a mudança, ainda que menor, também acompanha o resultado geral. Os pagamentos realizados através dos grandes bancos caíram dos 100% para 56% do total.

Já olhando de banco para banco, a Caixa Econômica Federal foi quem mais perdeu participação entre os pagamentos feitos pelas pessoas físicas. Há quatro anos, era de 40%. Hoje, chega a 14%. Ou seja, perdeu praticamente dois terços. Algo parecido ocorreu com o Santander, com um recuo de 30% para 11%. Já entre as pessoas jurídicas, isto é, as empresas, o Itaú viu sua fatia nos pagamentos recuar de 60% para 10%. A Caixa Econômica também apresentou forte recuo no segmento, de 27% para 4%.

Quais bancos mais cresceram?

E quem ganhou espaço? Inter, Nubank, Nexus e outras fintechs, as instituições financeiras com negócios baseados em tecnologia. Os bancos digitais, cada vez mais, ocupam uma fatia maior dos pagamentos e ilustram como o Brasil, aos poucos, vem se transformando em um dos grandes ecossistemas para as fintechs no mundo. Mas também atesta a verdadeira revolução promovida pelo Pix na maneira como os brasileiros passaram a fazer pagamentos. Diante do meio de pagamento eletrônico, lançado no fim de 2020, e de novidades como o Open Banking, os grandes bancos tentam acompanhar, mas são menos ágeis e, por isso, vêm perdendo espaço para empresas menores.

Quer entender melhor como funcionam os juros e como controlar o seu dinheiro de maneira eficiente? Acesse o link e assista grátis a primeira aula do curso Faça As Aulas Com Suas Finanças com Samy Dana, e aprenda de uma vez por todas a fazer o seu dinheiro ter valor!

Compartilhe esse conhecimento:

Outros posts que vão te interessar:

Power BI: você está pronto para se tornar um expert?

Conheceu mais sobre BI e quer se tornar um expert no assunto? Então, o curso Power BI é ideal para você! Nele, você vai começar a entender tudo sobre esse recurso a partir do zero. Para aprender, o processo vai ser muito prático e, o melhor, cada aluno vai criar um projeto real!

Durante o curso, você vai conferir desde a criação e instalação do sistema até a elaboração e visualização dos projetos, aprendendo como criar um dashboard e colocar mais inteligência no trabalho da sua empresa.

Saia do zero e vire profissional

Se você for um entusiasta do assunto, trabalha em uma parte estratégica da companhia ou pretende trabalhar, o curso de BI é feito para você! Criado para quem não tem conhecimento prévio sobre o tema, este curso vai ensinar tudo e tornar você um profissional da área.

O curso de Power BI on-line aborda cursos essenciais para todos os projetos de Business Intelligence, como Power Query, construção de layout bem definido, utilização das ferramentas, tanto no computador quanto no smartphone.

Ao final do curso, você vai poder desenvolver projetos profissionais de sucesso. Seguindo todas as etapas ensinadas nas aulas, você vai poder se destacar no mercado de trabalho tanto como consultor quanto como funcionário estratégico para a empresa em que atua.