Filtros de busca:

Método GTD: 4 dicas de como utilizar em sua rotina

Para profissionais que valorizam a excelência, organização e disciplina, o método GTD é muito indicado!

Isso ocorre porque esse método promete auxiliar a gerenciar melhor o tempo e ações diárias, tanto pessoais quanto profissionais, não apenas tornando você mais produtivo, mas criando planos de longo prazo.

Também funciona bem para equipes, portanto, se sua equipe está com alta demanda e você deseja torná-la mais eficiente, confira este artigo passo a passo para começar a utilizá-lo!

Conhecendo o Método GTD

Criada por David Allen, a abordagem Getting Things Done ajuda você a fazer as atividades com mais rapidez e flexibilidade, com foco no objetivo final e em cada tarefa, obtendo um melhor equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.

Essa abordagem se destaca pela preocupação com o equilíbrio do indivíduo para torná-lo mais disposto e produtivo, defendendo a saúde mental e o bem-estar no dia a dia da automatização industrial.

Para se ter uma ideia da importância desse processo cabe ressaltar que uma pesquisa do ISMA-BR determinou que 62% dos brasileiros sofrem de falta de tempo e mais estresse devido à sobrecarga emocional relacionada às atividades diárias.

Com o passar dos anos, isso se tornou cada vez mais recorrente, aumentando o problema com o isolamento social em 2020.

Mesmo que você trabalhe em casa, é muito importante para sua organização evitar a procrastinação e usar seu tempo a seu favor, bem como estabelecer uma divisão entre o tempo de trabalho e o tempo de lazer.

Portanto, se você aplicar o GTD, descobrirá que tudo se trata de limpar sua mente, registrar suas ações e se concentrar no que precisa ser feito de forma ordenada e conforme prioridades.

As etapas do GTD

Para chegar a um nível de excelência, é preciso desenvolver bons hábitos e realmente integrá-los à rotina.

De qualquer forma, esse método é uma habilidade que vai melhorar com a prática, mas é importante saber como começar.

Portanto, neste artigo, explicaremos com mais clareza quais são os 5 passos sugeridos por David Allen no método GTD.

1. Capturar

De acordo com o método GTD, se você acumular muitas ideias em sua cabeça, ficará em um ritmo acelerado, o que não permite o estado de relaxamento e execução clara das atividades.

Nesse sentido, na primeira etapa desse método, você deve anotar o que chama sua atenção e o que precisa ser executado.

Se você acha que uma ideia é relevante para a loja de câmara frigorífica modular, anote-a, mesmo que depois de um tempo você analise e desconsidere incluir no processo.

As ideias podem surgir de várias formas no nosso dia a dia:

●   Conversas informais;
●   Reuniões; 
●   Pesquisas na internet;
●   Anotações. 

2. Esclarecer

Depois de capturar as ideias, você precisa esclarecê-las, processo também conhecido como processamento. Nesse caso, é necessário avaliar as informações e decidir o que você fará com elas.

De acordo com o método GTD, neste momento é importante se perguntar qual é a ideia e se ela requer alguma ação específica.

Esse processo exige energia e foco, por isso é importante que você não se apresse nessa etapa.

3. Organizar

A terceira etapa da abordagem GTD envolve a organização.

Neste ponto, David Allen alerta que essa abordagem é mais do que apenas organizar, demandando atenção, direcionamento e realização. Somente assim terá efetividade, estando diretamente relacionada à produtividade.

No método GTD, você deve gerenciar calendários, pendências, projetos futuros, próximos passos e mais.

A partir desse modelo organizacional, fica mais fácil processar as ideias do ensaio de dureza, tendo em vista a importância de escolher uma ferramenta projetada para essas tarefas.

4. Refletir

A avaliação do processo e possíveis melhorias devem ser feitas regularmente, para que você possa determinar quais demandas e ações permanecerão e o que não é prioritário.

De acordo com o método GTD, é importante realizar uma avaliação semanal. Isso significa que, pelo menos uma vez por semana, é necessário revisar o sistema desenvolvido para o aparelho de endoscopia, por exemplo.

É fundamental ter disciplina para fazer essa revisão e evitar que seu sistema fique obsoleto, causando imprevistos ou atrasos.

5. Engajar

O último estágio recomendado por David Allen na abordagem GTD é o engajamento – ou seja, ser verdadeiramente produtivo e envolvido com os próprios projetos.

Em outras palavras, isso significa tomar decisões que se encaixam no seu propósito, acreditando que são as melhores decisões para aquele momento.

Veja porque usar o GTD

GTD é um dos melhores métodos para organização e produtividade, havendo diversos benefícios e circunstâncias que corroboram sua eficácia.

Ou seja, diferentes benefícios são sentidos durante e após a sua aplicação. Conheça-os agora.

Otimização de tempo

A falta de tempo é a queixa do século, e lidar com muitas tarefas e projetos juntos não o ajudará a cumprir os encargos dos galpões de lona.

A verdade é que devemos respeitar nosso horário e distinguir o pessoal do trabalho, também reservando tempo para o lazer e a vida social.

Por exemplo, manter um horário de trabalho lhe dará mais tempo para desfrutar de 8 horas de sono, o que é um ótimo começo para melhorar sua produtividade diária e qualidade de vida.

Graças ao método GTD, você descobrirá que seu tempo pode ser muito bem distribuído, organizado e otimizado, pois sua mente estará focada em cada minuto do dia e na tarefa em mãos.

Liberdade de escolha

O que diferencia o método GTD é a liberdade de escolha durante todo o processo, não te obrigando a fazer o que ou quando for preciso.

Você é livre para gerenciar o tempo e organizar seu trabalho, seguindo as etapas e regras de produtividade.

Como resultado, você pode definir prioridades e usar sua intuição para melhorar o desempenho do dia a dia.

Adaptabilidade

Outra possibilidade que torna o GTD um método tão revolucionário e atual é a forma como desenvolve a capacidade de adaptação às mudanças pessoais ou profissionais.

Em um mundo repleto de incertezas, estamos passando por uma transformação radical e tecnológica, com informações surgindo o tempo todo, demandando controle para lidar e absorver esse fluxo de dados, bem como se adaptar aos cenários e mudanças.

Portanto, devemos ser muito flexíveis e adaptáveis, e esse método possibilita mensurar cenários e adequar as demandas conforme às necessidades sem prejudicar a entrega do cronograma estabelecido.

Foque mais no presente

Querer se livrar de todos os seus deveres de uma vez não combina com o GTD, porque é a situação atual que determina suas ações.

Portanto, o foco no presente será sempre o principal pilar dessa metodologia. Assim, é preciso fazer o que é possível no momento presente, com os recursos disponíveis.

Isso é possível graças ao registro de tarefas e compromissos, que permite que você se concentre na atividade atual sem grandes distrações.

Equilíbrio e felicidade

Para ser produtivo, não é necessário passar horas no trabalho. Uma das principais diretrizes do GTD é eliminar o estresse e garantir uma melhor qualidade de vida.

A saúde mental é muito importante, e esse método ajuda a manter o indivíduo calmo e focado para fazer qualquer atividade sem ter de se preocupar com planos estruturados e engessados.

Dessa forma, você não apenas será mais organizado e produtivo, mas também ganhará saúde e equilíbrio sem prejudicar o desempenho com guilhotina industrial – muito pelo contrário!

4 dicas para aplicar o Método GTD no dia a dia

Simplesmente conhecer os pilares do GTD e ter as ferramentas para implementá-los pode não ser suficiente para você incorporá-lo com qualidade. Por isso, separamos 4 dicas que podem te ajudar no processo, acompanhe!

1) Pratique a aplicação de cada um dos 5 pilares

Como acontece com qualquer novo conhecimento, você precisará seguir um caminho de aprendizado para se familiarizar com a metodologia GTD e começar a implementá-lo gradativamente.

Para fazer isso, aplique conscientemente as etapas de coleta, processamento, organização, revisão e execução diária.

Aproveite para repetir cada passo dos 5 pilares com a maior frequência possível durante os primeiros momentos.

Como resultado, você assimilará essa metodologia de forma mais orgânica e passará pelo processo de ajuste de forma simples.

2) Adapte o método GTD à sua realidade

Não adianta tentar fazer exatamente o que David Allen fez, afinal, somos todos pessoas diferentes e já temos hábitos, rotinas e muitas vezes ferramentas que usamos e podemos aproveitar para implementar o método GTD em nossas vidas.

Portanto, aproveite o que você está fazendo, adaptando a abordagem GTD e as ferramentas de controle de tarefas que você já usa.

3) Tenha objetivos

Para implementar com sucesso o método GTD, é necessário criar ou remover rotinas.

Como você pode imaginar, parte do trabalho que você está prestes a fazer é estar engajado com esse esforço que terá que realizar, sendo muito importante o comprometimento com as adaptações.

Assim, comprometa-se objetivamente com tudo o que precisa ser feito para que você possa fazer a empresa de chaves de segurança acontecer e aplicar as ações de forma efetiva.

4) Sempre revise

De tempos em tempos, é muito importante revisar o que foi decidido.

Quando o cronograma de atividades é analisado com atenção, os colaboradores podem avaliar gargalos e falhas evitáveis, aprimorando cada vez mais o processo.

Lembre-se que uma análise detida é indispensável para que o método GTD realmente ajude as operações de balança comercial.

Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe esse conhecimento:

Outros posts que vão te interessar:

Power BI: você está pronto para se tornar um expert?

Conheceu mais sobre BI e quer se tornar um expert no assunto? Então, o curso Power BI é ideal para você! Nele, você vai começar a entender tudo sobre esse recurso a partir do zero. Para aprender, o processo vai ser muito prático e, o melhor, cada aluno vai criar um projeto real!

Durante o curso, você vai conferir desde a criação e instalação do sistema até a elaboração e visualização dos projetos, aprendendo como criar um dashboard e colocar mais inteligência no trabalho da sua empresa.

Saia do zero e vire profissional

Se você for um entusiasta do assunto, trabalha em uma parte estratégica da companhia ou pretende trabalhar, o curso de BI é feito para você! Criado para quem não tem conhecimento prévio sobre o tema, este curso vai ensinar tudo e tornar você um profissional da área.

O curso de Power BI on-line aborda cursos essenciais para todos os projetos de Business Intelligence, como Power Query, construção de layout bem definido, utilização das ferramentas, tanto no computador quanto no smartphone.

Ao final do curso, você vai poder desenvolver projetos profissionais de sucesso. Seguindo todas as etapas ensinadas nas aulas, você vai poder se destacar no mercado de trabalho tanto como consultor quanto como funcionário estratégico para a empresa em que atua.