Filtros de busca:

O preço da gasolina subiu, e agora?

Já há um bom tempo, ir nos postos de gasolina se tornou uma dor de cabeça (e no bolso) dos brasileiros. Isso porque os aumentos do preço na bomba se tornaram frequentes e cada vez mais impactam nas finanças do consumidor final, assustando aqueles que precisam abastecer os seus veículos.

Por que isso ocorre?

As diferenças de preço são calculadas devido a dois fatores. O primeiro leva em consideração o preço do barril de petróleo. Conforme a lei de oferta e demanda do mercado, ocorrem ajustes no seu preço, que é fonte de matéria prima para a gasolina. O outro fator levado em conta é a variação cambial. Como o preço é calculado em dólar, o valor da moeda em relação ao real impacta diretamente no preço da gasolina. 

Por que o governo não abaixa o preço?

Por mais que a Petrobras seja uma empresa estatal, ela possui capital aberto na bolsa de valores, tendo acionistas responsáveis pela precificação da empresa. A política adotada pela empresa preza pelo interesse do mercado, e portanto o bolso de quem detém as ações. Quando o governo intervém no preço do combustível, o mercado entende que não há liberdade para volatilidade e acaba desvalorizando o valor das ações, o que gera prejuízo e queda no seu valuation.

O preço da gasolina é composto por: 

  • Remuneração da Petrobras 
  • Tributos federais e estaduais 
  • Adição de etanol 
  • Distribuição e revenda 

No início do ano o governo federal reduziu os valores do PIS/COFINS o que pode ser um dos fatores favoráveis a uma pequena queda final. Segundo alguns especialistas, os governos estaduais poderiam reduzir o ICMS, imposto esse, que varia de estado para estado. A redução não resultaria numa queda abrupta, já que o cenário exterior gera maior impacto, mas é onde existe um pouco de gordura para ser queimada.

O que fazer?

Algumas pessoas, principalmente aquelas que trabalham com transporte, estão optando por trocar pelo gás GNV. Essa adaptação no veículo possui um custo um pouco elevado, porém no longo prazo pode ser bastante rentável. Outra saída é tentar usar ao máximo os transportes públicos e apps de motoristas, sempre colocando os prós e contras na balança.

Aluguel de carros

Outra possibilidade viável é o aluguel de carros, prática que vem se tornando bastante comum. Alguns motoristas, inclusive, optam por alugar carros para trabalhar ao invés de comprar um. Essa prática permite uma flexibilização e planejamento, onde as diárias só seriam utilizadas nos dias trabalhados. 

Carros elétricos e híbridos

Aos poucos os carros elétricos e híbridos estão se tornando realidade no Brasil. O grande empecilho que ainda afasta o público, é o preço. Os valores praticados no país estão acima do praticado em outros modelos mais simples.

Mas será que vale mais a pena comprar ou alugar um veículo? 

O Samy Dana e o Dony De Nuccio fizeram uma calculadora GRATUITA para quem deseja saber se compensa mais comprar um carro ou alugar. Quando pesa no bolso, o melhor a se fazer é calcular. Acesse agora mesmo!

Bônus 2 – Calculadora Carro comprado ou alugado

Compartilhe esse conhecimento:

Outros posts que vão te interessar:

Power BI: você está pronto para se tornar um expert?

Conheceu mais sobre BI e quer se tornar um expert no assunto? Então, o curso Power BI é ideal para você! Nele, você vai começar a entender tudo sobre esse recurso a partir do zero. Para aprender, o processo vai ser muito prático e, o melhor, cada aluno vai criar um projeto real!

Durante o curso, você vai conferir desde a criação e instalação do sistema até a elaboração e visualização dos projetos, aprendendo como criar um dashboard e colocar mais inteligência no trabalho da sua empresa.

Saia do zero e vire profissional

Se você for um entusiasta do assunto, trabalha em uma parte estratégica da companhia ou pretende trabalhar, o curso de BI é feito para você! Criado para quem não tem conhecimento prévio sobre o tema, este curso vai ensinar tudo e tornar você um profissional da área.

O curso de Power BI on-line aborda cursos essenciais para todos os projetos de Business Intelligence, como Power Query, construção de layout bem definido, utilização das ferramentas, tanto no computador quanto no smartphone.

Ao final do curso, você vai poder desenvolver projetos profissionais de sucesso. Seguindo todas as etapas ensinadas nas aulas, você vai poder se destacar no mercado de trabalho tanto como consultor quanto como funcionário estratégico para a empresa em que atua.