Filtros de busca:

Por que a maioria das empresas quebram?

60% das empresas quebram nos primeiros cinco anos de existência. Entenda os erros que levam as empresas a fechar de maneira precoce. Entenda os Riscos e as Ameaças para o seu negócio.

Brasil: o país empreendedor

Cada vez mais o empreendedorismo vem se espalhando pelo país, hoje o Brasil é chamado de país empreendedor. Segundo pesquisa do Global Entrepreneurship Monitor, o Brasil tem a média de 34,5% na taxa total de empreendedores, o que corresponde a 1 a cada 3 brasileiros da faixa economicamente ativa, possui ou pretende iniciar um novo negócio. Ainda, segundo dados do Empresômetro, 93% das empresas ativas correspondem às micro e pequenas empresas.

IBGE aponta para os riscos das novas empresas

Segundo estudos realizados pelo IBGE, 80% das micro e pequenas empresas quebram no primeiro ano de existência, e 60% não resistem aos primeiros cinco anos. Esses dados no primeiro momento podem parecer assustadores e até mesmo desencorajadores, mas na verdade ele precisa servir como um alerta e como exemplo, afinal de contas, novos empreendedores não precisam cometer os mesmos erros daqueles que não tiveram sucesso.

Motivos dos fechamentos

Um grande problema que afeta o empreendedor nacional, é que ele acaba exercendo a função de multitarefas. A centralização ocorre sobre uma pessoa, ela acaba sendo a líder, a encarregada pelo financeiro, recursos humanos, planejamentos, e todas as outras funções que deveriam ser delegadas à terceiros, gerando uma sobrecarga e entregas mal realizadas. Outros fatores que podem levar ao encerramento das atividades:

  • Falta de gestão financeira;
  • Conta pessoal e empresarial vinculadas;
  • Falta de gestão de estoque;
  • Não saber lidar com pessoas;
  • Conhecer pouco o seu mercado e público alvo;
  • Falta de estratégia e metas de vendas;
  • Falta de organização.

O que fazer para não cometer os mesmos erros

Antes de colocar a mão na massa, é preciso sentar, pegar um lápis e um papel e começar os estudos prévios para o início das atividades. Esse estudo deve ter uma análise do mercado, um comparativo de seus concorrentes, e a divisão do investimento inicial possível para as áreas fundamentais para colocá-lo em prática. Depois é preciso traçar um plano de estratégia que envolve a divulgação do seu negócio, a gestão da equipe e o planejamento financeiro pensando numa alavancagem. Calma lá, complicou demais?

SAIBA COMO FAZER UM PLANO ESTRATÉGICO PARA NÃO COMETER OS ERROS DE OUTRAS PESSOAS

No curso Empreendedorismo 4.0 da Niu Cursos, o João Kepler e o Pedro Ivo Moraes detalham como uma pessoa deve proceder para abrir o próprio negócio a partir do momento em que ele é apenas uma ideia. Se a partir desse momento as coisas ficaram difíceis e mais complexas, eles vão desmitificar o mundo dos negócios para você!

Compartilhe esse conhecimento:

Outros posts que vão te interessar:

Power BI: você está pronto para se tornar um expert?

Conheceu mais sobre BI e quer se tornar um expert no assunto? Então, o curso Power BI é ideal para você! Nele, você vai começar a entender tudo sobre esse recurso a partir do zero. Para aprender, o processo vai ser muito prático e, o melhor, cada aluno vai criar um projeto real!

Durante o curso, você vai conferir desde a criação e instalação do sistema até a elaboração e visualização dos projetos, aprendendo como criar um dashboard e colocar mais inteligência no trabalho da sua empresa.

Saia do zero e vire profissional

Se você for um entusiasta do assunto, trabalha em uma parte estratégica da companhia ou pretende trabalhar, o curso de BI é feito para você! Criado para quem não tem conhecimento prévio sobre o tema, este curso vai ensinar tudo e tornar você um profissional da área.

O curso de Power BI on-line aborda cursos essenciais para todos os projetos de Business Intelligence, como Power Query, construção de layout bem definido, utilização das ferramentas, tanto no computador quanto no smartphone.

Ao final do curso, você vai poder desenvolver projetos profissionais de sucesso. Seguindo todas as etapas ensinadas nas aulas, você vai poder se destacar no mercado de trabalho tanto como consultor quanto como funcionário estratégico para a empresa em que atua.